Nossa história

  • homeschooling.jpg homeschooling.jpg
  • hist1.jpg hist1.jpg
  • hist2.jpg hist2.jpg
  • hist3.jpg hist3.jpg
  • hist4.jpg hist4.jpg

Em 2010, um grupo de pais, de Barão Geraldo (Campinas/SP), reuniu-se em busca de uma educação diferenciada para seus filhos. Procuravam uma opção em que pudessem participar e serem ativos. Pretendiam uma educação integral para as crianças, de maneira que elas fossem respeitadas em sua própria natureza (física, anímica e espiritual) e livres para desenvolverem-se saudavelmente. Buscavam por professores carinhosos e atentos.

Todos os pais, desse grupo inicial, eram moradores em Barão Geraldo, e a grande maioria professores e pesquisadores vinculados às universidades (Unicamp e Puc-Campinas).

Nesse período, em Barão Geraldo iniciou-se um ambiente propício para a discussão sobre educação e, principalmente, pelo aprofundamento da Pedagogia Waldorf.

No final de 2010, esse grupo convidou a Pilar Tetilla Manzano Borba para ministrar uma palestra sobre o desenvolvimento infantil. Pilar é Terapeuta Ocupacional e Pedagoga Waldorf, especializada em: desenvolvimento infantil, tratamento neuroevolutivo; Terapia de integração sensorial e problemas de aprendizagem.

Essa palestra deu grande impulso ao movimento. E no início de 2011, surgiu a primeira intenção, e ação, de reunir o grupo e agregar novas famílias para criar uma escola associativa Waldorf. Assim, a intenção era articular-se durante os anos seguintes para a concepção e criação de uma alternativa para atender principalmente crianças do Ensino Fundamental, demanda em situação crítica na região do distrito de Barão Geraldo em Campinas/SP, pois não havia vagas nas escolas Waldorf de Ensino Fundamental.

Durante este período de desenvolvimento e fortalecimento (e crescimento) do grupo, houve a oportunidade de se conhecer a pedagoga Fabiana Naka, pessoa decisiva para a concretização desta empreitada.

Ao longo do ano de 2013, o movimento do grupo intensificou-se com reuniões e projetos que culminaram, no final do ano, com a decisão de juntos fundarem uma Associação.

Desde o início de 2014, foram muitos encontros e reuniões para a confecção do estatuto social da Associação Aldeia Akatu. E, em julho do mesmo ano, nasceu a Associação Aldeia Akatu que tem por finalidade a criação da escola Aldeia Akatu - Pedagogia Waldorf (Educação Infantil e Ensino Fundamental).

A escolha do nome Aldeia Akatu foi feita em um processo coletivo, no qual os valores e ideais do grupo foram trabalhados e refletidos. Em Tupi, Akatu significa, ao mesmo tempo, Semente Boa e Mundo Melhor, uma semente que será gerada a partir do sonho de se preservar sua essência e da vontade de se construir um mundo mais justo e mais humano para nossos filhos e para a humanidade. A palavra Aldeia vem do desejo de transcender a educação restrita ao espaço escolar, estendendo o trabalho educacional para a comunidade em prol de um mundo melhor.

Com muito empenho, o grupo conseguiu obter todas as autorizações para a regulamentação e instalação da Aldeia Akatu - Pedagogia Waldorf, numa linda chácara localizada no bairro Guará. Assim, em 2015, iniciou suas atividades com duas salas de Educação Infantil e o 1º ano do Ensino Fundamental. E em 2016, além do 1º ano, oferece vagas no 2º ano do Ensino Fundamental. Sendo o Ensino Fundamental implementado gradativamente ano a ano.